Monthly Archives: abril 2013

Mais de 30 razões para a ForLife mexer com você!

Nós separamos motivos muito bons pra quem já frequenta a academia e pra quem vai se juntar a nós.

Na saúde

• Aumenta a qualidade e a expectativa de vida
• Melhora seu sistema imunológico
• Mantem o bom funcionamento do sistema músculo-esquelético
• Previne e reduz os efeitos de doenças como:
• Ansiedade
• Certos tipos de câncer
• Artrite
• Cardiopatias
• Estresse
• Obesidade
• Osteoporose
• Hipertensão arterial
• Deficiências respiratórias
• Problemas circulatórios
• Diabetes
• Colesterol
• Acidentes vasculares cerebrais
• Depressão

Na aparência:

• Melhora seu visual
• Melhora sua postura
• Os músculos ficam mais eficientes e com melhor tônus
• Combate o excesso de peso e o acúmulo de gordura

No trabalho:

• Aumenta a produtividade
• Reduz propensão às doenças
• Melhora a disposição
• Melhora sua capacidade para esforços físicos

No dia a dia:

• Alívio da tensão muscular e dores
• Melhora a disposição para as tarefas cotidianas
• O coração trabalha de forma mais segura e eficiente
• Aumenta seu fôlego
• Melhora elasticidade e flexibilidade do corpo
• Melhora sua auto-estima
• Você se alimenta e dorme melhor
• Vive melhor e com mais qualidade
• Melhora o humor
• Estimula vida sexual.

  • Facebook
  • Twitter

Na medida do seu pique

O treino de retorno não deve ser muito pesado e nem no nível do que você interrompeu. Com isso, em vez de acostumar o corpo às atividades físicas, você só fica mais vulnerável a lesões (e a mais meses sem treinar, portanto). A intensidade e o volume dos exercícios devem ser calibrados para que seu corpo acostume-se gradualmente a eles, sem exageros.
Não precisa ficar decepcionado quando receber um treino inferior àquele que estava trazendo resultados. Uma pessoa acostumada a treinar, mas que passou um tempo de folga, avança mais rapidamente do que outra, que nunca treinou. O corpo possui memória muscular, um aluno sedentário leva muito mais tempo para que o corpo se acostume com o esforço. Isso não depende de sexo, homens e mulheres recuperam-se igualmente, de acordo com o condicionamento físico trabalhado ao longo da vida.

  • Facebook
  • Twitter

Volte a treinar sem bocejar diante de um treino iniciante

Proteja-se de lesões,mas também não pegue leve demais

Depois de meses tentando voltar ao treino, a decisão. O problema: seu corpo não agüenta o mesmo ritmo de antes, mas você não tem paciência para retomar os exercícios em intensidade de iniciante. Após um mês sem treinar, o condicionamento já cai. Pela ordem, há diminuição na capacidade cardiovascular, neuromuscular e, finalmente, da flexibilidade.
Para proteger seu corpo de lesões, é preciso pegar leve na intensidade e na carga do treino. Mas isso não significa ausência de desafios. Um personal trainer pode ajudar nesta fase, oferecendo estímulos diferentes a cada aula até que o nível anterior seja retomado e, claro, superado. É um momento em que a alimentação apresenta impacto determinante nos resultados, ajudando a aumentar o rendimento na hora da prática.

  • Facebook
  • Twitter

Água sempre deve acompanhar a atividade física

A escolha do horário para o treino e roupas leves são importantes na hora do exercício.
Com a mudança de estação, alguns questionamentos são feitos sobre a rotina das atividades físicas, dentro e fora das academias. O treinamento deve sofrer alterações? Que cuidados devem ser tomados? Quais os efeitos do calor sobre o organismo?
Com o aumento da temperatura do corpo, as células do corpo que servem como um “termostato”, usam a transpiração e a evaporação do suor para resfriar o corpo. A falha neste mecanismo pode resultar em distúrbios que vão desde o aparecimento das câimbras, podendo chegar, em situações extremas, ao choque térmico.
Em dias muito quentes, o corpo pode ficar desidratado e isso pode causar um mau funcionamento do sistema cardíaco,que levam a dores de cabeça, vertigem, fraqueza e náuseas. Para algumas atividades físicas em ambiente aberto, é necessária uma redução nos treinamentos até que ocorra uma queda na temperatura para deixar o clima ameno. A escolha no horário do treino é importante no verão, já que as temperaturas são altas quase o dia todo, procure escolher horários em que não fará muito calor, como as primeiras horas do dia ou no final da tarde, pois oferecem condições climáticas que propiciam menor desgaste físico.
Beber água ou outros líquidos é muito importante. É aconselhado que em intervalos de vinte a trinta minutos, o atleta faça uma pausa para se hidratar. O uso de roupas apropriadas que permitam uma boa ventilação e transpiração adequadas, favorecem o resfriamento do corpo e são mais um fator de prevenção contra a desidratação.E sem dúvida nenhuma o respeito aos limites do organismo associado a uma pequena dose de bom senso são pontos essenciais para que o prazer de seu treino seja mantido.

  • Facebook
  • Twitter